FIBA – World Cup

China - Basket World Cup

Amanhã, dia 31 de Agosto teremos o início do Mundial de Basquetebol que ocorrerá na China com a duração de 16 dias.

32 equipas estão divididas em oito grupos de quatro, apurando-se para a próxima fase as duas primeiras de cada grupo. Nessa fase seguinte teremos quatro grupos de quatro de equipas, apurando-se as duas primeiras de cada grupo para os quartos de final, meias finais e final.

As equipas que avançarem para os quartos de final ficarão automaticamente apuradas para os próximos Jogos Olímpicos, o que será um incentivo extra.

Apesar de se apresentar na prova sem as principais estrelas da NBA, a selecção dos Estados Unidos parte como principal e destacada favorita, não só pela qualidade do plantel, mas também pelo seu historial de vitórias na competição, contando com jogadores como Kemba Walker, Khris Middleton e Donovan Mitchell.

No entanto não será um torneio fácil para a selecção americana, visto que o historial e a experiência muitas vezes não garantem a vitória final, como nos casos da Espanha em 2006 e da antiga Jugoslávia em 2002.

Como principais outsiders devemos considerar as selecções de Espanha tendo como principais figuras (o actual e moralizado campeão da NBA) Marc Gasol, Ricky Rubio e os irmãos Hernangomez, sem esquecer a experiência e a qualidade de jogadores como a estrela da EuroLiga Rudy Fernandez e seu companheiro de equipa Sergio Llull.

A Sérbia é mais uma equipa que pode incomodar a selecção americana, liderada pelo candidato a MVP da NBA Nicola Jokic e com a ajuda de Boban Marjanovic e da dupla dos Sacramento Kings Bogdan Bogdanovic e Nemanja Bjelica, pretende dar um passo em frente após a medalha de prata em 2014.

Outro outsider que procura a primeira vitória na competição é a selecção francesa. O cinco inicial terá jogadores como Rudy Gobert, Nicolas Batum e Evan Fournier, contando também no plantel com o promissor Theo Maledon que é projectado como o melhor base do NBA Draft 2020.

A Grécia, liderada pelo melhor jogador da competição Giannis Antetokounmpo, procurará melhorar a sua melhor prestação, 2º classificado em 2006 após perder a final contra a Espanha.

Por fim a Austrália que se encontra no “Grupo da Morte” juntamente com o Canadá, Senegal e Lituânia, irá procurar fazer melhor que em 2014 onde não passou dos oitavos de final. Terá o contributo de jogadores com muitos anos de NBA, como se constata no cinco inicial: Matthew Dellavedova, Patty Mills, Joe Ingles, Aron Baynes e Andrew Bogut.

Todos os dias vou indicar uma tip pré live no telegram. A casa de apostas que vou utilizar é a Betwinner.

Se ainda não tens conta, aproveita o bónus de 100% até €100/R$500 e regista-te aqui.